Relaciones capitalistas en el Asentamiento Realidad en la BR-319 km 570 (Amazonas)/ Capitalist relations in Reality Settlement in BR-319 km 570 (Amazonas)

Palabras clave: asentamiento, assentamento, mercado, rodovia., carretera, produtor, comercialización

Resumen

La producción de alimentos para el mercado pretende atender las necesidades de consumo de centros urbanos, y, concomitantemente, de familiares del productor. Por lo tanto, el productor necesita establecer relaciones con el mercado, a donde se envía el producto o el excedente de la producción; mientras que permanece en la propia comunidad donde se produce y donde residen los productores. Los recursos obtenidos con la comercialización, por regla general, se emplean en la producción propia del productor. Esta breve consideración general se estructura en el asentamiento del Incra, situado en el kilómetro 570 de la carretera BR-319, en el municipio de Humaitá, donde los productores agrícolas se organizaron para realizar la producción, el beneficiamiento y el transporte hasta los centros consumidores.

 

Abstract

The production of food for the market aims to meet the consumption needs of urban centers, and, at the same time, family of the producer. Thus, the producer needs to establish relationships with the market, where the product or production surplus is sent; While another part remains in the very community where it is produced and where the producers live. The proceeds from the sale, as a rule, are used in the producer's own production. This brief general consideration is structured in the Incra settlement, located at kilometer 570 of the BR-319 highway, in the municipality of Humaitá, where agricultural producers organized to carry out production, processing and transportation to the consumer centers.

 

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Thiago Oliveira Neto, UFAM
Graduado em Geografia pela Universidade Federal do Amazonas em 2016, Mestrando em Geografia pela mesma universidade em 2017, bolsista Capes, cursando o segundo semestre de 2017 como aluno especial no Programa de Pós-graduação em Geografia Humana da Univerdade de São Paulo-USP.

Citas

Alves, Flamarion Dutra (2009). "Importância das teorias agrárias para a geografia rural". Mercator, v. 8, nº 16, pp. 147-156.

Acritica (1968). Mais de 3 mil famílias irão morar ao longo da Manaus-Porto Velho. Junho.

Acritica (2015). Após 21 anos, empresa volta a fazer transporte intermunicipal no Amazonas pela rodovia BR-319. (07/10/2015). Disponível em: < http://www.acritica.com/channels/cotidiano/news/apos-21-anos-empresa-volta-a-fazer-transporte-intermunicipal-no-amazonas-pela-rodovia-br-319> Acesso em: 23 de jul. de 2017.

Acritica de Humaita (2017). Prefeitura de Humaitá realiza mutirão de limpeza e saúde na comunidade de realidade. 06 de junho. Disponível em: <http://www.acriticadehumaita.com.br/prefeitura-de-humaita-realiza-mutirao-de-limpeza-e-saude-na-comunidade-de-realidade/> Acesso em: 25 de jul. de 2017.

Corrêa, Roberto Lobato (2001) Interações espaciais. In: Explorações Geográficas , pp. 279-318. CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo César da Costa; CORRÊA, Roberto Lobato.Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Costa, Francimara Souza da; Ravena, Nirvia (2014). “Práticas agroecológicas em assentamentos rurais no sul do Amazonas: uma abordagem institucional”. Novos Cadernos NAEA, v. 17, nº 1, pp. 99-124.

Chaynov, Alexander (1974). La organización de la unidad económica campesina. Buenos Aires: Nueva Visión.

Duarte, Heliabi (2017). Descaso na BR-319, coloca vida de moradores em risco na comunidade Realidade. Disponível em: <http://www.humaitatv.com/humaita/descaso-na-br-319--colocar-vida-de-moradores-em-risco--na-comunidade-realidade> Acesso em: 23 de jul. de 2017.

Ferreira, Sávio J, Filgueiras; Luizão, Flávio J; Dallarosa, Ricardo L. Godinho (2005). “Precipitação interna e interceptação da chuva em floresta de terra firme submetida à extração seletiva de madeira na Amazônia Central”. Acta Amazônica, v. 35, n°. 1, pp. 55-62.

Incra (2017a). Assentamentos informações gerais. 01/04/2016. Disponível em: <http://painel.incra.gov.br/sistemas/Painel/ImprimirPainelAssentamentos.php?cod_sr=15&Parameters[Planilha]=Nao&Parameters[Box]=GERAL&Parameters[Linha]=5> Acesso em: 23 de jul. de 2017a.

Incra (2017b). Criação e Modalidades de Assentamentos. Disponível em: < http://www.incra.gov.br/assentamentoscriacao> Acesso em: 23 de jul. de 2017b.

Le Touneau, François-Michel; Bursztyn, Marcel (2010). “Assentamentos rurais na Amazônia: contradições entre a política agrária e a política ambiental”. Ambiente & Sociedade, v. 13, n° 1, pp. 111-130.

Lênin, Vladimir I. (1985) O desenvolvimento do capitalismo na Rússia: o processo de formação do mercado interno para a grande indústria. 2.ed. São Paulo: Nova Cultural.

Lima, Maria do Socorro Bezerra de (2008). "Políticas públicas e território: uma discussão sobre os determinantes da expansão da soja no sul do Amazonas". Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento, Agrícola e Sociedade, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 421 f.

Freire. Maria Amélia Alcântara (1985). "A Política Rodoviária e a BR-319: Os custos de uma Decisão". Dissertação (Mestrado em Sociologia Política) - Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais da Fundação Escolar de Sociologia e Política de São Paulo, PUC, São Paulo –SP.

Luz, Nelson dos Santos (2013). “Diagnóstico das transformações socioterritoriais no eixo da BR-319: (Manaus/AM-Porto Velho/RO)”. Monografia de Geografia, UNB, 80 f.

Kaustsky, Karl (1986). A questão agrária. Trad. Otto Erick Walter. São Paulo: Nova Cultura.

Martins, Jose de Souza (1997). A fronteira. A degradação do Outro nos confins do humano. São Paulo: HUCITEC.

Mpf (2013). Memória de Reunião. Reunião com a comissão de assentados de Humaitá. Disponível em: <http://www.mpf.mp.br/am/projetos-especiais/mpf-na-comunidade/2a-edicao-2013-humaita/2%20ANEXO%20II.pdf> Acesso em: 23 de jul. de 2017.

Monbeig, Pierre (1984). Pioneiros e fazendeiros de São Paulo. Tradução de Ary França e Raul de Andrade e Silva. São Paulo: Hucitec/Polis.

Nogueira, Ricardo José Nogueira; Oliveira Neto, Thiago (2016). “Geopolíticas e Rodovias na Amazônia Brasileira”. Revista Anpege, v 12. n°. 17, pp. 55-83.

Oliveira Neto, Thiago (2014). “A geopolítica rodoviária na Amazônia: BR-319”. Revista de Geopolítica, v. 5, pp. 109-128.

Shanin, Teodor (2005). “A definição de camponês: conceituações e desconceituações – o velho e o novo em uma discussão marxista”. Revista Nera, v. 8, nº 7, pp. 1-21.

Santana, Josimar (2017). Entrevista com o presidente de Associação dos Produtores de Realidade. 24 de julho.

"Transamazônica: a prática de uma epopeia" (1970), Veja, São Paulo, Abril, julho 2.

Ufam (2009a). Relatório de Impacto Ambiental - RIMA: Obras de reconstrução/pavimentação da rodovia BR-319/AM, no segmento entre os km 250,0 e km 655,7. Caracterização do Empreendimento. Manaus, Amazonas: Universidade Federal do Amazonas UFAM.

Ufam (2009b). Caracterização do Empreendimento. EIA-RIMA: Obras de reconstrução/pavimentação da rodovia BR-319/AM, no segmento entre os km 250,0 e km 655,7. Manaus, Amazonas: Universidade Federal do Amazonas UFAM.

Ufam (2009c). Meio Socioeconômico. EIA-RIMA: Obras de reconstrução/pavimentação da rodovia BR-319/AM, no segmento entre os km 250,0 e km 655,7. Manaus, Amazonas: Universidade Federal do Amazonas UFAM.

Vallaux, Camille (1914). Geografia Social: El suelo y el Estado. Madrid: Daniel Jorro.

Vaz, Giseli (2003). Estrada onde os caminhos são perigosas armadilhas. A Crítica, 23 de novembro, Cidades, p. A1, C1, C3-C4. Disponível em: < https://pib.socioambiental.org/es/noticias?id=33922> Acesso em: 23 de jul. de 2017.

Velho, Otávio Guilherme (2009). Capitalismo e autoritário e campesinato: um estudo comparativo a partir da fronteira em movimento. Rio de Janeiro: CEPS.

Waibel, Leo (1955). "As zonas pioneiras do Brasil". Revista Brasileira de Geografia. Rio de Janeiro: IBGE, nº 20, v. 17, pp. 389-422.

Publicado
2017-12-07
Cómo citar
Neto, Thiago. 2017. Relaciones Capitalistas En El Asentamiento Realidad En La BR-319 Km 570 (Amazonas)/ Capitalist Relations in Reality Settlement in BR-319 Km 570 (Amazonas). Eutopía, Revista De Desarrollo Económico Territorial, n.º 12 (diciembre), 123-38. https://doi.org/10.17141/eutopia.12.2017.2921.